X CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

COMPOSIÇAO E ESTRUTURA DE COMUNIDADES DE HELMINTOS DE TRES ROEDORES SIGMODONTINEOS NA MATA ATLANTICA DO ESTADO DE SANTA CATARINA

Resumo

Apesar da ampla ocorrência de endoparasitos em animais silvestres, há uma carência de informações sobre a helmintofauna destes animais bem como sobre a estrutura das comunidades destes parasitos. Os objetivos deste trabalho foram descrever a composição de espécies e a estrutura das comunidades de helmintos dos roedores Oligoryzomys nigripes, Akodon montensis e Euryoryzomys russatus (Rodentia, Sigmodontinae) e investigar a influência da espécie, idade e gênero dos hospedeiros na abundância e prevalência dos helmintos. Também foi analisado o padrão da estrutura de metacomunidade dos helmintos do roedor A. montensis. Foram feitas capturas de pequenos mamíferos no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Santo Amaro da Imperatriz, SC. Os helmintos coletados foram identificados e contados, sendo calculadas suas abundâncias médias, intensidades médias e prevalências para cada espécie de helminto. A influência da espécie, idade e gênero dos hospedeiros na abundância média e prevalência de helmintos foi testada usando-se modelos lineares generalizados (GLM). Foram analisados 146 indivíduos de A. montensis (M=80, F= 66, J= 26 e A= 120); 25 de O. nigripes (M = 13, F = 12, J = 15 e A = 10) e 28 de E. russatus (M = 16, F = 12, J = 10 e A = 18). A metacomunidade foi analisada calculando-se os Elementos de Estrutura de Metacomunidade (EEM) para infracomunidades, considerando-se o gradiente ambiental formado por cada hospedeiro individual na matriz de metacomunidade. Em O. nigripes foram encontradas as espécies Guerrerostrongylus zetta e Stilestrongylus lanfrediae (Nematoda, Heligmonellidae). Em A. montensis foram registradas as espécies G. zetta, Trichofreitasia lenti (Nematoda, Heligmonellidae), Trichuris navonae (Nematoda, Trichuridae), Angiostrongylus sp. (Nematoda, Angiostrongylidae), Litomosoides chagasfilhoi (Nematoda, Onchocercidae) e Rodentolepis akodontis (Plathyhelmintes, Cestoda).  No roedor E. russatus, foram encontradas as espécies G. zetta, Stilestrongylus rolandoi (Nematoda, Heligmonellidae) e Raillietina guaricanae (Plathyhelmintes, Cestoda). Este estudo apresentou novos registros do helminto R. guaricanae em E. russatus, e do helminto L. chagasfilhoi em A. montensis, ampliando a lista de hospedeiros destes helmintos. Guerrerostrangylus zetta (Nematoda, Heligmonellidae), espécie encontrada em todos os hospedeiros, apresentou baixa especificidade de hospedeiros e maiores valores de abundância média e prevalência em hospedeiros fêmeas do sexo feminino em O. nigripes e intensidade média em E. russatus. As espécies T. navonae, L. chagasfilhoi, Angiostrongylus sp., R. guaricanae e S. lanfrediae ocorreram apenas em hospedeiros adultos. Trichofreitasia lenti, S. rolandoi e R. akodontis não apresentaram diferenças nas intensidades e prevalências em relação aos parâmetros analisados. Nenhuma espécie de helminto ocorreu exclusivamente em hospedeiros jovens ou exclusivamente em machos. A estrutura da metacomunidade de helmintos de A. montensis apresentou um padrão aleatório de distribuição das espécies, sendo caracterizado por uma estrutura não coerente ao longo do gradiente ambiental. Esta estrutura indica a ocorrência de espécies de helmintos com diferentes requisitos ambientais, tanto em relação ao hospedeiro quanto ao ambiente externo. Isto pode ser atribuído aos diferentes ciclos de vida dos helmintos e aos diferentes graus de susceptibilidade de infecção pelos hospedeiros.

Palavras-chave

Rodentia, Parasitismo, Ecologia

Financiamento

Capes, CNPq, PPBio Rede BioMA, Fiocruz - IOC, PPGBS-IOC/Fiocruz

Área

Parasitologia/Epidemiologia

Autores

Raquel Gonzalez Boullosa, Thiago dos Santos Cardoso, Sócrates Fraga Costa-Neto, Bernardo Rodrigues Teixeira, Tatiana Pádua Tavares Freitas, Arnaldo Maldonado, Rosana Gentile