X CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

REPRESENTATIVIDADE DE TAXONS DE INTERESSE PARA A CONSERVAÇAO DEPOSITADOS NA COLEÇAO DE MASTOZOOLOGIA DO MUSEU DE CIENCIAS NATURAIS DA PUC MINAS

Resumo

As coleções zoológicas constituem um acervo inesgotável de informações que, no futuro, propiciarão descobertas importantes ainda fora do alcance tecnológico. Entretanto o Brasil tende a ter um déficit para atender à demanda de conhecimento e dos cientistas brasileiros em cumprir o encargo de inventariar, descobrir e descrever a diversidade de espécies nativas, além de analisar, sintetizar e compartilhar o conhecimento em benefício da ciência e da sociedade. O presente estudo visa apresentar a distribuição dos registros dos Mamíferos da Coleção de Mastozoologia do Museu de Ciências Naturais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (MCN PUC Minas), por meio de mapas temáticos contendo os pontos de coleta dos indivíduos, representados por suas famílias. Esse estudo tem como principal objetivo apresentar a riqueza e diversidade de espécies de interesse para a conservação presentes em seu acervo. Para o desenvolvimento dessa pesquisa foi utilizado o banco de dados da Coleção de Mastozoologia do MCN PUC Minas, na qual encontram-se depositados cerca de 5.000 indivíduos. Para a elaboração dos mapas de distribuição dos pontos foram utilizadas as coordenadas geográficas do local de coleta, quando descritas, e/ou a coordenada de referência do município de coleta.  As informações de distribuição dos espécimes depositados foram agrupadas e plotadas em mapas em nível de Família. Foram elaborados três mapas com a distribuição de espécies de interesse para a conservação, a saber: Espécies de Distribuição Restrita, Espécies Raras em Coleções Científicas e Material Tipo. Após a confecção dos mapas, as localidades dos espécimes foram comparadas aos dados disponíveis para cada táxon, como base na literatura e base de dados online, Specieslink. A partir do levantamento realizado constatou-se que a Coleção de Mastozoologia do MCN PUC Minas possui em seu acervo oito (08) táxons considerados de Distribuição Restrita. Foram contabilizados 158 espécimes de 23 táxons considerados Raros em Coleções, ressaltando a importância da realização de estudos com esses grupos, pelo fato de serem pouco frequentes ou de não estarem presentes em outras coleções científicas do Brasil que utilizam o cadastramento no banco de dados online do Specieslink. A coleção de Mastozoologia abriga um exemplar tipo (Holótipo e Parátipos) do rato-de-cauda-branca, Calassomys apicalis. Foram analisadas e padronizadas 2.530 coordenadas geográficas e confeccionados um total de 33 mapas temáticos de distribuição. Estes registros representam dez das onze Famílias de mamíferos presentes na Coleção e os grupos de interesse para a conservação. Os resultados do trabalho apontam que a coleção de mamíferos do MCN PUC Minas possui um valor científico relevante, seja pela presença e/ou número de espécimes de táxons raros, de distribuição restrita, ameaçados de extinção, além de abrigar um exemplar tipo.  O presente trabalho vem reforçar a notória a importância da realização de estudos, pesquisas, divulgação do acervo em bancos de dados de coleções científicas e investimentos em Coleções Científicas, em prol do benefício científico, cultural e social.

 

Palavras-chave

zoologia, mastofauna, georreferenciamento

Financiamento

Área

Biogeografia/Macroecologia

Autores

Lucas Filipe de Assunção Sousa, Claudia Guimarães Costa