X CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

DIVERSIDADE MOLECULAR DO GENERO NEACOMYS (RODENTIA: CRICETIDAE: SIGMODONTINAE) NA AMAZONIA BRASILEIRA

Resumo

Composto por 12 espécies, Neacomys é um dos 29 gêneros atuais reconhecidos para a tribo Oryzomyini. Apesar de trabalhos filigenéticos moleculares e recentes descrições de espécies, a taxonomia de Neacomys é problemática devido às breves diagnoses disponíveis, à falta de revisões taxonômicas amplas para o gênero e a similaridade fenotípica entre as espécies. Desta forma, a identificação e delimitação de espécies com base em marcadores moleculares mitocondriais e nucleares podem ser ferramentas adicionais na taxonomia do gênero. Além disso, para proposição de hipóteses de relacionamento filogenético robustas dentro do gênero, é necessária maior amostragem de genes. Desta forma, este trabalho teve como objetivo identificar 43 espécimes de Neacomys coletados em 20 localidades do norte do Brasil e analisar a diversidade molecular e as relações filogenéticas das espécies de Neacomys a partir de sequências de DNA utilizando três marcadores moleculares, um nuclear, o  Íntron 7 do gene Beta Fibrinogênio (I7FGB) e dois mitocondriais, o Citocromo-b (CYTB) e o Citocromo Oxidase subunidade I (COI). Foram utilizadas amostras de tecido hepático preservadas em etanol disponíveis nas coleções de tecidos do Museu Nacional / UFRJ e LABPMR / Fiocruz. As extrações foram feitas com 3 protocolos: fenol/clorofórmio, protocolo QIAamp DNA Mini - KIT da Qiagen e salina. Foram geradas 98 sequências para os três marcadores, incluídas na análise junto com 239 sequencias disponíveis no NCBI e BOLD, e 4 grupos externos. A identificação foi baseada no posicionamento filogenético das sequências em árvores de máxima verossimilhança utilizando a ferramenta RaxML e bayesiana no MrBayes e análise de Barcode gap. Foram detectadas 16 linhagens evolutivas dentro do gênero Neacomys, sendo oito linhagens ainda não reconhecidas como espécies válidas. N. amoenus foi reconhecido como uma única linhagem de acordo com os resultados da análise de máxima verossimilhança e Barcode gap. Dois clados que provavelmente correspondem a novas espécies foram encontradas, provenientes de Barcelos (AM) e Moraes Almeida (PA). Os resultados mostraram também que, mesmo com trabalhos recentes, incluindo revisões taxonômicas, ainda existem grupos pendentes de nomeação e linhagens ainda a serem descobertas. Tal fato mostra a necessidade de estudos mais aprofundados em regiões geográficas ainda não investigadas, integrando dados moleculares com análises morfológicas e citogenéticas.

Palavras-chave

Diversidade molecular, Cricetidae, DNA barcoding

Financiamento

Área

Genética

Autores

Ana Pantaleão, Aldo Caccavo, Marcelo Weksler