X CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

DIFERENCIAÇAO DE NICHO CLIMATICO EM DIFERENTES LINHAGENS FILOGEOGRAFICAS DE PUMA CONCOLOR (CARNIVORA: FELIDAE)

Resumo

A onça-parda é o mamífero terrestre de maior extensão de ocorrência na região Neotropical, sendo encontrada originalmente desde o sul do Canadá até o extremo sul do continente sul-americano, com exceção apenas do complexo das ilhas Caribenhas e algumas regiões do Chile. Estudos moleculares realizados recentemente apontaram diferenças genéticas dentro da área geográfica da espécie, formando assim diferentes grupos filogeográficos. Entretanto, ainda não é conhecido se esses diferentes grupos também ocupam nichos ambientais diferentes e como esses espaços ambientais influenciaram na sua história evolutiva. O presente estudo teve como principal objetivo analisar se esses diferentes grupos filogeográficos apresentavam sobreposição de nicho, bem como se esses nichos eram similares e/ou equivalentes. A área de estudo foi delimitada com base na distribuição geográfica conhecida para a espécie, com início no norte dos Estados Unidos até a porção centro sul da Argentina. Foram selecionados para as análises quatro grupos filogeográficos, com base no estudo realizado por Matte et al. (2013), sendo eles: Grupo A – América do Norte/Norte da América Central; Grupo B – Norte da América do Sul; Grupo C – Centro nordeste da América do Sul; Grupo D – Centro sul da América do Sul. Os dados de ocorrência da espécie foram obtidos nas bases de dados do GBIF, Specieslink e Portal da Biodiversidade (ICMBio), sendo considerados apenas os registros georreferenciados e registrados em coleções biológicas ou por meio de armadilhas fotográficas. As análises foram realizadas no software R, baseadas em PCA-env, considerando as variáveis ambientais do Wordclim para a área de ocorrência da espécie. Os resultados das análises para os quatro grupos filogeográficos selecionados mostraram que esses grupos não apresentaram sobreposição de nicho climático, bem como esses nichos também não são similares ou equivalentes. Os resultados apontaram que além diferirem geneticamente, essas linhagens também diferem em relação ao espaço ambiental ocupado, sugerindo que os parâmetros ambientais podem estar relacionados a processos de especiação dentro da espécie, onde as diferentes linhagens filogenéticas podem se segregar em eixos de temperatura, elevação e sazonalidade como observado em alguns estudos realizados anteriormente com anfíbios. Em termos moleculares as linhagens filogeográficas analisadas, possuem forte estruturação espacial que correspondem a padrões morfológicos indicadores de adaptação. Essas linhagens são diferenciadas ecologicamente como mostram os resultados desse estudo e assim podem indicar um processo de especiação dessa espécie.

Palavras-chave

Nicho Climático; Puma concolor; Sobreposição de nichos.

Financiamento

Ministério do Desenvolvimento Regional

Área

Ecologia

Autores

JÉSSICA VIVIANE AMORIM FERREIRA, JEFFERSON RODRIGUES MACIEL, PATRÍCIA AVELLO NICOLA