X CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

AVALIAÇAO DA INFLUENCIA DE TECNICAS DE ENRIQUECIMENTO AMBIENTAL EMPREGADAS NA REABILITAÇAO DE UM ESPECIME DE GATO-DO-MATO-PEQUENO (LEOPARDUS GUTTULUS)

Resumo

Animais em cativeiro não tem a oportunidade de exibir seus comportamentos naturais, uma vez que o cativeiro oferece aos animais um ambiente diferente daquele para o qual estão adaptados. Por estarem nesse ambiente com falta de estímulos, passam a apresentar altos níveis de estresse, empobrecimento de seu bem-estar e a desenvolver os chamados comportamentos anormais, em detrimento da apresentação de comportamentos naturais típicos das espécies. Um dos métodos para se melhorar o bem-estar animal e diminuir os níveis de estresse é o chamado Enriquecimento Ambiental, que consiste no uso de diversos materiais e artefatos, visando deixar o ambiente de cativeiro mais dinâmico e interativo, além de criar um ambiente que permite a expressão dos comportamentos naturais da espécie, sendo, desta forma, muito usada em programas de reintrodução. Frente a isso, esse trabalho teve como objetivo avaliar os parâmetros comportamentais de uma fêmea cativa de gato-do-mato-pequeno (Leopardus guttulus) proveniente de vida livre e em processo de reabilitação para soltura na natureza, frente a técnicas de enriquecimento ambiental. O espécime foi encontrado atropelado no município de Indaiatuba-SP e encaminhado para a Associação Mata Ciliar, em Jundiaí-SP, onde o trabalho foi realizado. As observações etológicas ocorreram em duas etapas, totalizando 90 horas de observações. A primeira etapa, chamada de linha de base, teve duração de 55 horas, e foi destinada para as observações dos comportamentos em sua condição usual, enquanto a segunda etapa teve uma duração de 35 horas e foi destinada para as observações durante o fornecimento dos enriquecimentos ambientais. Os dados foram coletados utilizando-se o método “scan sampling”, com intervalos de 30 segundos por registro. Os comportamentos entre as duas fases foram analisados através de um Teste t de Student. Nossos resultados indicaram que após a introdução dos enriquecimentos, o comportamento olfatório apresentou um aumento significativo, assim como o comportamento de caça, ambos considerados importantes para a reintrodução do espécime na natureza. O enriquecimento físico também se mostrou eficiente, com o animal passando a utilizar uma toca natural adicionada em seu recinto como abrigo. Este trabalho mostra a importância do uso de técnicas de enriquecimento ambiental, tanto para animais que permanecerão em cativeiro, quanto para animais que serão reabilitados e reintroduzidos em seu habitat natural, além de ressaltar a relevância de centros de triagem e de reabilitação de animais silvestres para a fauna nativa impactada por ações antrópicas.

Palavras-chave

Leopardus guttulus, enriquecimento ambiental, cativeiro, bem-estar animal, CRAS.

Financiamento

Área

Etologia/Bem-estar animal

Autores

Mayara de Souza Ribeiro, Paula Ribeiro Prist