X CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

PESQUISA DO GENERO BARTONELLA DE PEQUENOS MAMIFEROS DE AREAS ANTROPIZADAS

Resumo

Bartonella é uma bactéria gram-negativa e intracelular facultativa, cujo ciclo de transmissão envolve vertebrados e artrópodes hematófagos. Bartoneloses são zoonoses de amplo espectro e, até o momento, 15 genótipos estão associados a bartonelose humana. Fatores como urbanização/fragmentação favorecem o salto de novos genótipos do meio silvestre para o urbano. O aumento no número de casos humanos no Rio de Janeiro motiva a elucidação da diversidade genética das espécies de Bartonella em mamíferos silvestres. Com objetivo de identificar/caracterizar Bartonella em pequenos mamíferos no estado fluminense, foram realizadas capturas de roedores, marsupiais, primatas e morcegos na floresta da Mata Atlântica/Parque Estadual da Pedra Branca (PEPB), e roedores e marsupiais em áreas fragmentadas nos municípios de Varre-Sai, Cambuci, Miracema. Foi realizada PCR para genes gltA (720 bp), ftsZ (791bp), groEL (800bp), ITS (800bp) e análise com base no alinhamento dos principais genótipos, pelo método de análise multilocus utilizando como suporte filogenético de máxima verossimilhança/inferência bayesiana. No PEPB, dos 114 morcegos e 87 roedores testados, 5 morcegos - Artibeus lituratus (3), Carollia perspicilata (1) e Myotis izecksohnii (1) foram PCR–positivos, com a detecção de linhagens formando clado irmão com B. australis e clados distintos. Quanto aos roedores, 8 PCR-positivos: Akodon cursor (2) / Nectomys squamipes (1) em Varre-sai, N. squamipes (2) em Miracema, A. cursor (2) em Cambuci. Análises demonstraram linhagens novas que se agruparam no clado de Bartonella subsp. vinsonii (A. cursor/N. squamipes de Varre-sai e Miracema), linhagens novas também no clado de B. anchasensis (A. cursor de Cambuci) e também no clado de B. clarridgeae e B. rochalimae (Varre-sai). Com este estudo foi possível identificar a ocorrência de Bartonella em M. izecksohnii, espécie de morcego recentemente descrita e com ocorrência apenas na região sudeste, e de linhagens novas em espécies de morcegos já registrados como A. lituratus e C. perspicilata, sugerindo uma diversidade subestimada das bartonelas em morcegos. Quanto às bartonelas nos roedores, os resultados comprovam que linhagens próximas ao B. clarridgeae e B. rochalimae podem infectar felinos domésticos/silvestres. A identificação de B. ancachensis, até então, foi descrita apenas em humanos na região do Peru, mostrando assim a ampliação da distribuição geográfica da ocorrência dessas linhagens e a detecção em roedores silvestres.

Palavras-chave

Bartonella; genotipagem; mamíferos silvestres;

Financiamento

CNPq; CAPES, F APERJ,

Área

Parasitologia/Epidemiologia

Autores

Jonathan Gonçalves Oliveira, Tatiana Rozental, Alexandro Guterres, Bernardo Rodrigues Teixeira, Beatriz Andrade-Silva, Ricardo Moratelli, Socrates Fraga-neto, Paulo Sérgio D'Andrea, Elba Regina Sampaio de Lemos